Londres [3]

Capitulo três

Madrugada adentro, os dois não se cansavam de transpirar e permanecer numa sincronia mágica, a quem visse o ato de sexo do casal, diria que estavam transcendendo de algo sublime, espiritual, além do prazer carnal, pelo fato de que a expressão transmitida em seus rostos fosse de satisfação eterna, e não apenas o sublime dos desejos da carne. Poderia dizer que Vito e Julia tivera alcançado um grau acima do prazer e do sexo, um nível nunca relatado tão pouco sentido, um nível causador de sensações únicas e fortes como a própria onda do mar.

Após horas de relações amorosas, os dois eufóricos, paralisados na cama, como que descansassem de uma maratona de seus mil quilômetros. Julia estava debruçada sobre o peito do namorado, que acariciava com os dedos o cabelo dela, sempre deslizando os dedos na lateral do rosto passando pela bochecha e chegando até os lábios, e num ritual de acariciamento do rosto brutalmente belo da garota, ele dançava com a ponta de seus pecaminosos dedos pela boca vermelha e inchada de beijos. Passaram-se minutos e as cariciais pareciam nunca ter fim.

– Porque está chorando querido? – indagou Julia com sua voz meiga e carinhosa, que sempre aliviava todos os problemas de Vito. Todas as vezes que ela percebia que Vito estava em um momento ruim, começava uma cantoria serenamente tranquilizadora, que afastada qualquer dor de cabeça e desespero momentâneo, foi em um desses cantos que Vito se apaixonou por ela. Sua melodia se assemelhava com a de Oasis, Coldplay, The Cranberries, R.E.M e por ai vai. O som era capaz de preencher os espaços vazios do coração apertado de Vito, na medida em que melancolicamente ele se retorcia por dentro querendo arrancar da garganta de Julia aquelas cordas vocais que lhe causavam calafrios e calmaria ao mesmo tempo. Aquela voz tão feminina e divina, como cantiga de pássaros brancos ou rosas, igual às rosas de um jardim repleto de borboletas azuis e amarelas.

– Pode ser da minha cabeça, mas sinto você distante – O garoto parecia acabado enquanto tentava expressar o que sentia.

– Talvez eu esteja mesmo, alias, estarei em breve.

– Como assim, estará em breve?

– Sim… Terei que viajar para Londres sem previsão de retorno.

Vito foi tomado por sentimentos aterrorizantes que lhe tiraram o chão e lhe afundaram no ponto mais baixo que alguém pode chegar, ao inferno. Por tamanha covardia em ser avisado em cima da hora, sem nenhuma massagem para preparar o psicológico, e sem nenhuma esperança do retorno da amada, começou ali o seu castigo astral obrigando-se a afastar o corpo de Julia do seu enquanto chorava silenciosamente.

– Eu sabia que isso aconteceria, por isso não contei antes.

– isso o que Jiyu?

– Você iria ficar nervoso como sempre, e se distanciaria.

– Mas é claro Jiyu, você vai embora do país!

  Compra no boleto e paga na lotérica
   Baixa aí que é de graça

amazon-iconsaraiva icone clube icone google play  icone agbook

      twitter 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s