O Estrangeiro – [1] Hotel

04:13 a.m. , eu havia passado dos limites, bebi além da conta, ultrapassei meu horário, e não me lembrava muito bem onde estava. Chamei um táxi, e perguntei ao senhor misterioso se ele queria uma carona.

– senhor, muito obrigado pelas palavras, será registrado, mas onde o senhor mora? Não quer uma carona ate sua casa? Eu pago…

– não se preocupe jovem, eu não moro aqui na Itália, vá em paz e não se esquece de minhas palavras, pois elas serão vossas, descanse, mas não durma, cuidado…

– hmm, tudo bem, uma boa madrugada para o senhor.

Fiquei pensando “não durma? Que velho maluco, apesar de falar teorias interessantes sobre essa cidade, já deve estar muito alterado.

Me despedi do velho, e no caminho para o hotel onde eu estava hospedado, não deixei de pensar em todas as palavras daquele velho, levando em conta tudo o que ele me disse, eu não esperava encontrá-lo em um bar, mas sim em uma igreja ou ate mesmo num cemitério, mas logo no bar?

Enfim cheguei ao hotel, paguei o motorista que me trouxe em um completo silêncio, muito sutis esses italianos. Entrei no meu quarto, número 666, bem peculiar este número, mas eu sou daquelas pessoas que só acredita vendo, então não me importei com aquele numero supérfluo.

Deitei na cama para se livrar um pouco do cansaço e olhei para meu caderno de anotações, uma sensação estranha me tomou, era como se o quarto estivesse se mexendo, e a cama pulando comigo em cima. Logo despertei, era apenas um sonho. Me sentei na beira da cama, e pensei em como o sonho tinha sido real, aquele bar, aquelas pessoas mal encaradas bebendo vinho, o taxista mudo e aquele velho… me disse palavras interessantes e bem profundas… mas quem seria ele? Ele existe ou seria apenas um personagem do meu sonho…

Pah! Pah! Pah! Batidas forte na madeira estilo vitoriano da porta do meu quarto se ecoou, quem seria as 5:25 a.p.? Levantei-me com vontade de esganar o visitante coruja, e quando abri a porta, o velho, ensanguentado, cai sobre meus braços colocando um livro velho e grosso em minhas mãos, e falece.

  Compra no boleto e paga na lotérica
   Baixa aí que é de graça

amazon-iconsaraiva icone clube icone google play  icone agbook

      twitter 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s