Como se a tarde parasse

Era como se a tarde não passasse. Oh meu Deus, me de mais tardes como essa. Podemos beber, podemos comer, podemos correr. Podemos entender o que é que nos deixa bem, e ir atrás disso, por isso que somos potencialmente adaptáveis e felizes.

Nessa tarde que não passa nunca eu aprendi que a felicidade não está no plano físico, está dentro da gente, no lugar que entendemos como sentimentos e desejos. Nessa tarde a parte da mente que entende sobre sensações se aciona e tudo parece muito bom.

Nessa tarde que não acaba nunca. Que o sol nunca se põe. E o céu é tão azul que pinta o chão. Desse lugar eu não quero ir embora. Como se o próximo que eu fosse encontrar me conhecesse, e quem não conhecia, gostaria de ser amigo. E que as casas tivessem menos grades e mais sofás para se sentar.

Tento fazer tanta coisa e algumas ficam pela metade. Está tudo tão tranquilo que eu não me preocupa em terminar nada. Olho pro relógio pensando que entardeceu, mas só se passaram um minuto, pareciam mais duas horas.

É lindo saber que posso sentir o tempo quase que não passar e saber de todas as maravilhas que se passa diante da gente. E isso tudo na base de um minuto. Na paz, sem preocupações, somos livres, afinal.

  Compra no boleto e paga na lotérica
   Baixa aí que é de graça

      twitter amazon-icon

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s