HAI-KAI DE TARDEZINHA / O HOMEM Q VENDIA ESPIRÓGRAFOS

HAI-KAI DE TARDEZINHA

amor na rede

gozo suspenso

entre paredes

O HOMEM Q VENDIA ESPIRÓGRAFOS

ele deu boa tarde e começou a fazer desenhos automáticos na folha branca da prancheta. boliviano, creio. “coloque la platila en una superficie rigida y el disco en el interior dentado, escoja um orificio y jire…”

quanto mais o ônibus chacoalhava melhor ficavam os gráficos. vermelhos, azuis, verdes, pretos. “apenas um real”. tanta mercadoria mais fácil de vender, meu deus, eu pensava, e o desalmado desse velho índio escolhe logo espirógrafos! “…juntando el engrenaje del disco y el el engrenaje del instrumento.”

“compra mãe”, acendeu a bolota dos olhos a menina preta linda. “eu quero”, enfezou-se a branquinha cabelinho de milho. a japinha pegou o espidógrafo dela. uma outra lá atrás a chupar o dedo.

“es um instrumento que realiza graficos com rapides, alluda a realizar ejercicio de motricidad, tamben alluda a decorar los cuadernos”.

também comprei o meu. espidógrafos são ótimos contra a ansiedade amorosa e os seus cotovelos da espera. adquira também o seu e pare de roer as unhas vermelhas, minha linda penélope de sexta-feira.

xico sá

Texto publicado em: 13/05/2005

Pelo: Blog Uol / O Carapuceiro

  Compra no boleto e paga na lotérica
   Baixa aí que é de graça

      twitter 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s